quinta-feira, 18 de setembro de 2014

O tiro que saiu pela culatra


A estratégia de lançamento do novo disco do U2 foi a celeuma da semana.
Disponibilizado de forma gratuita para mais de 500 milhões de pessoas no mundo todo através do Itunes a estratégia tem sido duramente criticada pela maioria esmagadora dos usuários que não gostaram do "presente".
Segundo dados divulgados pela Apple o disco foi baixado por 200 mil usuários em um mesmo dia e ouvido por 33 milhões de pessoas.Número bastante expressivo na realidade atual em que o poderio das gravadoras vem perdendo terreno para  liberdade proporcionada pelas ferramentas tecnológicas de compartilhamento musical.
Mas parece que o tiro saiu pela culatra.
Alguns dias após o lançamento a Apple se viu forçada a lançar uma ferramenta que oferecia a possibilidade de apagar o disco tamanho o número de reclamação com esta nova forma de lançamento.
Impossível prever se daqui pra frente este tipo de ação vai ser uma tendência,mas uma realidade vem a tona:
O U2 não está mais com essa bola toda.
Considerada a maior banda do mundo em meados dos anos 80/90 a banda irlandesa sempre incorporou uma atitude por vezes inovadora,por vezes considerada megalomaníaca.
Lançou discos importantes e fez turnês em que  a tecnologia fazia parte do espetáculo,mas é notório que a banda vem perdendo fôlego nos últimos anos.
Seus álbuns não tem sido mais tão relevantes e o discurso messiânico de Bono Vox já não é mais levado em consideração.
De qualquer forma eles conseguiram  causar o estardalhaço planejado.
Resta saber até que ponto esta atitude foi positiva para a história do U2.
Nunca fui fã da banda mas reconheço a importância histórica que ela tem.
Assisti ao show aqui em SP em 2009 e fiquei impressionado com o palco aranha gigante mas confesso que a música não me causou tanto impacto.
Foi como ir ao cinema e não prestar atenção ao filme.
Na minha opinião o último álbum relevante deles é o Achtung Baby(1993).
De lá pra cá eles até criaram alguns hits pontuais,mas nada tanto assim.
Está chegando a hora do Bono Vox lançar seu álbum solo

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Festa Misto Quente #27



Hoje a noite tenho a honra de substituir minha amiga Sabrina Homrich na pista do Bebo Sim.
É a edição #27 da festa Misto Quente.
É também a comemoração do aniversário do Léo Gonçalves do Quero Ser Cozinheiro.
O evento semanal que reúne boa música e culinária suculenta também é epecial pois é a comemoração do aniversário do Léo.
O cardápio de hoje também é especial: Tombe Dour (hot dog de salsicha húngara,molho de tomate no vinho tinto,picles de pepino e queijo gruyére maçaricado) e Escondidinho Veggie de shitake,legumes e purê de madioquinha.
Entrada a R$ 5,00 e Itaipava em dobro até a meia noite.

Preparei um set especial para a noite com muita música brasileira,rare grooves e algumas surpresas.


Vem te rindo!!!

Bebo Sim fica na Av. Alfonso  Bovero,1107 e a partir das 20 hs está aberto.

Is good to be the King

Hoje o lendário B.B. King completa 89 anos de idade.
Na ativa desde a década de 40 este genial músico merece todas as homenagens.

Este é meu disco preferido dele:


sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Hoje tem Bebo Sim

Na verdade hoje e nas duas próximas terças feiras(16 e 23 de setembro)

Bebo Sim é um bar que fica na Alfonso Bovero,1107 ali pertinho da Pompéia.



Comandado pelo simpático Pedro Isaías(que também pilota o fogão) o bar  tem um ambiente intimista com poucas mesas e capacidade para 160 pessoas.
Ideal para tomar uma cervejinha no happy hour e fazer uma boquinha pois o bar oferece algumas refeições que forram bem o bucho
A maioria dos frequentadores gosta de música brasileira e no local tem uma pequena pistinha onde rolam animadas festas de terça a sábado.

Vale a pena conferir.
Quem quiser colar hoje é só chegar.
O Bebo Sim abre as 20 hs e vai até o último cliente  sair.




No cardápio musical de hoje muita música brasileira,funk old school,soul,rare grooves e reggae.



sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Fuzzy Sound System

Banda mais linda dos últimos dias

Fuzzy Sound System

Só tem feira em campo,confere aí:

Pra quem curte groove na medida,com alma e sem firula.

Entra aqui na Página Oficial pra conferir que não tem erro

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Casarão do Vinil

Os amantes dos discos de vinil terão um novo templo a partir do próximo final de semana.



O casarão do vinil está vinculado ao Feirão Um Milhão de Vinis e passará a ser a sede oficial e permanente desta feira.

A proposta é manter um local de venda de discos nacionais e importados cujo valor máximo é de R$ 29,90.

Realmente uma barbada.

O Casarão do Vinil fica na Moóca aqui em SP e logo que eu for lá conferir postarei minhas impressões.